O Arraial D’Ajuda Eco Resort é um resort, como o nome diz, mas é um lugar charmoso e pequeno. Melhor: pequeno, não… Do tamanho perfeito, na minha opinião.

Localizado em Arraial d’Ajuda, ele começa com uma vantagem para quem se desloca de avião: o transfer é rápido e você logo chega do aeroporto de Porto Seguro à base de embarque para o resort, que é feita via embarcação (você pode contratar o transfer direto com o hotel – o que para nós foi perfeito e funcionou lindamente).

Ao se aproximar do hotel, você já vê imponentes figuras de orixás, e sente que de fato chegou à Bahia! No cais, o barco é recepcionado no melhor estilo Ilha da Fantasia, com atendentes super simpáticas que explicam o funcionamento do hotel, mostram restaurante, indicam onde devemos procurar ajuda ou informações.

Chegamos um pouco mais cedo que o horário de check in, e o quarto ainda não estava liberado. Para contornar esse “problema”, pudemos ir almoçar logo. O pacote que contratei foi com meia pensão, mas cabe aqui explicar que esse esquema lá tem um “plus”: é uma meia-pensão flexível, onde você pode almoçar num dia, jantar no outro… Se não almoça nem janta, pode acumular para o dia seguinte! Ponto para o Arraial Ecoresort: não conheci algum outro lugar que ofereça as refeições dessa forma.

Fomos depois do almoço deixar as crianças numa oficina de brigadeiro… Apesar de a nossa turma não ser muito de ficar na recreação, esse é um outro ponto forte do hotel: há recreação durante o dia todo, com atividades diversas – se quiser, dá para deixar a criança o dia todo por lá… Eles devolvem nos quartos num horário determinado para tomar banho e depois ainda tem mais recreação à noite. Não sei se é assim sempre, fomos num feriado. Mas conheço pessoas que foram e amaram o hotel exatamente pela recreação.

Nesse primeiro dia, curtimos a piscina e a estrutura do hotel, que é bem bacana!

 

A comida de lá é bem gostosa. Variedade na quantidade certa, saborosa e sem exageros. A vista do restaurante é maravilhosa.

Arraial d'Aduda Ecoresort

Vista do restaurante

O ambiente todo é muito aconchegante.

IMG_0334

Eles contam ainda com um outro restaurante para o qual você só pode jantar mediante reserva às terças, quintas e sábados – mas não tem custo adicional – você paga só as bebidas, como nas demais refeições.

Esse restaurante, chamado Ponta do Apaga Fogo é ideal para… adultos! Sério, eles não se propõem a fazer um cardápio infantil, e o clima é mais intimista…

Tivemos uma certa dificuldade em atender algumas crianças do grupo, inclusive minha filha, que é da turma que come arroz e feijão e só. Eles tentaram, adaptaram algumas comidas, mas no fim a refeição para as crianças não foi a melhor… Acho que é um lugar para ir de casal… Ou só adultos. E ir sem pressa… Ficar bebendo um vinho… O lugar é bem numa ponta mesmo, e o visual é sensacional.

Outra coisa legal do resort: como é afastado do centrinho de Arraial, eles têm serviço de transporte. Mais um ponto a elogiar: pontualidade! Como são pontuais! Eles marcam uma grade de horário de ida e volta, tipo: vai às 18 e volta às 21:30. Você agenda na área de reservas e se apresenta no horário. E sai no horário!!! Por que isso me surpreende???

Outros “diferenciais” que notei: ao chegar, ninguém pediu um cartão de crédito para “garantir” a reserva… Achei diferente, pois em qualquer hotel você já chega tendo que apresentar seu cartão. Outra coisa legal é que eles não têm aqueles fatídicos cartões de toalha para piscina… Você quer uma toalha? É só pedir. Quer 5 toalhas? Ok, também… Não parecem estar preocupados se vai sumir, se vão levar… Achei diferente – para o bem!

Dentro ainda há sorveteria, lojinha, tudo muito legal e bonitinho.  A copa baby conta com o básico, como leite, Mucilon. Mas avisam que se necessário basta procurar o hotel que eles complementam o que for necessário (sem custos também):

O quarto que fiquei era o mais standard de todos. Ainda assim, achei sensacional: grande, espaçoso, com varandinha com rede…

O legal do hotel, como disse um conhecido, é que ele é do tamanho certo para ser acolhedor. Não é aquele lugar onde você sente que há milhões de pessoas, não é mesmo daqueles resorts com milhares de quartos. E isso, na minha opinião, é super positivo!

Quem se hospeda ainda tem acesso gratuito ao Arraial d’Ajuda Ecoparque , um parque aquático bem legal! Você recebe ingressos, conta com transfer e ainda recebe cartão para retirar toalhas lá! Precisa devolver esse cartão? Também não… Não disse: eles são diferentes!

IMG_0381

Por fim, uma demonstração do tipo de lugar que é o Ecoresort: uma pessoa do nosso grupo “perdeu” as havaianas na véspera de ir embora… Deixou na área da piscina, e quando deu falta ela já não estava mais lá. Ele foi lá, registrou na portaria. Pois poucos dias depois do retorno ligaram e informaram que acharam o chinelo e enviariam pelo correio… Só sei que acho tudo isso bem “padrão Disney”…

O único porém da nossa estadia: a praia, nos dias em que estávamos, não estava muito legal. A maré não estava deixando formar uma faixa de areia adequada, mas quer saber? Nem sentimos falta… Mas uma amiga que foi chegou no dia que fomos embora aproveitou até a praia ali… Então acho que foi mesmo uma questão de maré e sorte…

IMG_0293

Praia não muito boa para entrar… mas perfeita para fotos…

Com a ida ao parque aquático, dois dias foram consumidos nessa viagem. No outro, optamos por ir à praia da Pitinga, que fica até distante, mas é bem legal e vale a visita.

Fomos nos serviços de vans municipais, que são baratos e param na porta do hotel praticamente, levando para diversos pontos da cidade. Aliás, se eventualmente você não pode aguardar o transfer do hotel para voltar, as vans atendem muito bem, ou então, dá para ir numa boa de táxi pra lá e pra cá na cidade (lembrando só que o resort é afastado do centrinho, e o táxi não fica baratinho – mas é pagável).

Por fim, nós estávamos lá no fim de semana da Páscoa. E voltávamos no sábado… E não é que no sábado – acho que já antevendo a saída de parte dos hóspedes – o Coelhinho da Páscoa apareceu? Presenteou as crianças com um ovo de chocolate da Cacau  Show e fez a farra da meninada!

 

O Arraial d’Ajuda Ecoresort me conquistou. Indico com tranquilidade e quero voltar assim que conseguir uma boa oportunidade!

Resuminho:

Local: Arraial d’Ajuda

Como fomos: via aérea até Porto Seguro e transfer para o hotel (perto)

Esquema de refeição: meia pensão flexível (almoço ou jantar, de acordo com o freguês)

Voltagem do hotel: 220, mas com uma tomada no banheiro 110 identificada

Bônus para o hóspede: acesso gratuito e transfer para o parque aquático; transfer para o centro de Arraial em todos em horário predeterminado

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  1. Ótimo relato! Estou indo na próxima semana e gostaria de saber o valor da refeição por pessoa, além do regime de meia pensão. Você sabe me informar? Obrigada

    • Flavia Carvalho - Nome a Lazer says:

      Raquel, desculpe a demora em responder! Fechamos o pacote com meia pensão, logo não sei quanto custa cada uma delas. Nos outros dias, ou jantamos na cidade ou na praia… Mas os preços eram bem razoáveis, não achei abusivos pelo fato de ser um resort. Espero que tenha gostado! Depois me conte 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *