Informação

Utilidades – a bolsa de viagem

Eu tenho uma bolsa, que comprei na realidade para levar numa viagem que fiz à Espanha – minha primeira vez na Europa. Foi uma bolsa modelo carteiro, com algumas divisórias internas e fecho tanto na frente quanto dentro.

A super bolsa em 2009: nesse dia a alça estava mais curta e ela mais cheia – tínhamos acabado de desembarcar e já fomos direto para o Epcot

 

Essa bolsa virou a minha companheira oficial de viagens, porque é preciso uma bolsa prática, espaçosa e que permita que a gente carregue diversos itens com segurança.

Muita gente que conheço leva mochila. Mas a mochila, para ser prática e confortável, tem que ficar pendurada nas costas… E você não vai ver o que está se passando por ali, na parte de trás das suas coisas. Acredito que casos de roubos nos parques de Orlando devem ser pequenos (na verdade não conheço nenhum caso). Mas sou cismada, e gosto de estar com meus pertences sempre à vista.
E mais: numa mochila cabe muita coisa, normalmente. Então, se você coloca os seus pertences de valor e mais ainda a bagulhada que a gente costuma carregar, a tendência é que você tenha que carregá-la pra todo canto, dentro e fora de atrações.
Já uma bolsa menor não. Ela pode ficar com aquilo que é importante, e você pode ter uma bolsa auxiliar (até mesmo uma mochila) para carregar o que for preciso – falo isso, pessoal, especialmente para quem viaja com criança! Adulto em voo solo pode levar só uma bolsa pequena, certo!
E por que estou falando isso? Porque quando você viaja com criança,ao sair do seu hotel, de manhã, para encarar um dia de parque, tem que levar tudo o que precisa… Nesse caso, sempre divido as coisas: documentos importantes, passaporte, carteira, tudo de valor vai na minha amada bolsa! E água, biscoitinhos, troca de roupa, capa de chuva e outros itens necessários para a pequena vão numa bolsa só para ela – que fica no carrinho enquanto vamos às atrações, sem stress de deixar itens de valor.

Super bolsa versão 2011: bebê no colo e bolsa no ombro

Eu amo tanto a minha bolsa, mas tanto, que ela já foi para Orlando cinco vezes só em 2015: eu não consegui ir, mas todas as minhas amigas que foram levaram a bolsa e na volta concordaram comigo: ela realmente é muito útil!

Super bolsa em 2014: olha bem ali… a alça tá ali… Não desgruda de mim

Acreditem em mim então quando falo dessa dica (f)útil: pense numa bolsa que dê para levar o essencial e de valor sempre junto com você. Você só se separará dela em atrações radicais, tais como montanhas-russas onde obrigatoriamente você vai ter que deixar suas coisas num armário tipo locker (como na Hulk) ou em aparadores ao lado do carrinho (como na Manta).

A super bolsa rodando pelo mundo além de Orlando 

Pode parecer bobagem, mas pense mesmo nisso na hora de ir viajar, pois esse é um dos itens que são importantes para quem vai para os parques. Carregar uma bolsa extremamente pesada pode minar seu ânimo ao longo do dia. Então, se estiver com crianças, separe o fundamental numa bolsa menor e leve as tralhas numa outra, que possa ser carregada pelas alças de um carrinho! É, não tem jeito, carrinho é fundamental! Mesmo para crianças mais velhas, ok!

Um comentário em “Utilidades – a bolsa de viagem

Deixe uma resposta